segunda-feira, novembro 23, 2015

Vou comprar uma pequena floresta.


Vou comprar uma pequena floresta.  

Uma pequena floresta cheia de grandes sobreiros, grandes pedras de granito e vistas “largas”. 
Por baixo de um dos sobreiros, vou instalar uma destas casinhas de madeira, onde depois, na frente, ponho uma mesa de pic-nic.  Noutro sobreiro monto dois baloiços. Vou ter que ter um tanque para guardar água. Vai ser um bom sitio para, no verão, tomar uns belos banhos.  Planto mais árvores.  Sobreiros e outras árvores que dêem mais  cor e densidade à minha floresta. Vou construir um posto de vigia para lá do alto observar os pássaros e a bicharada que por lá andar. Mas pelo sim, pelo não, coloco lá uma cama de rede para o caso de nada se passar. 

Talvez compre uma moto 4 para passear pelas redondezas e para ir a sítios onde não vá o meu Clio.
  
E se ninguém aparecer eu não vou ficar triste, eu não me vou sentir sozinho,  porque ninguém está só numa floresta. Mesmo numa pequena floresta como a minha. 

O Mundo anda a ficar um lugar muito chato! :(

Daqui E daqui