terça-feira, março 26, 2013

Saudades



As casas, as ruas, o cafézinho, o verde, os telhados, as cores, a luz do sol, a chuva, a igreja, a alegria simples das crianças, enfim,... Uma imensa brisa que me chegou de uma parte do Brasil que eu recordo e de que sinto saudades. Obrigado pela partilha Marcela. :)

sexta-feira, março 22, 2013

É Sexta-feira,...



.. e sinto aquela alegria de quem vai ter um fim-de-semana inteirinho pela frente.  Sinto que ainda me falta qualquer coisa... mas procurá-la, dá-me ainda mais vontade de seguir em frente.

Nem preciso de pensar em nada durante o fim-de-semana.

Bom fim-de-semana. :)

A foto é de uma terrinha chamada Piódão, onde vou passar o fim-de-semana. :)

segunda-feira, março 18, 2013

Leggings


Não sei quem foi, mas quem quer que tenha inventado esta coisa dos leggings, devia receber um prémio Nobel, pelo bem prestado a toda a humanidade. Uma das invenções mais extraordinárias deste século!

Frases soltas


No acto, preocupa-se tanto com a satisfação do outro, que acaba por descorar o seu próprio prazer que, pelo menos na sua plenitude, raramente alcança.

sexta-feira, março 15, 2013

É sexta-feira...

... e não sinto aquela alegria de quem vai ter um fim-de-semana inteirinho pela frente.  Sinto que ainda me falta qualquer coisa... Ou será que já tenho demais?

Vou pensar durante o fim-de-semana. Prometo responder-vos na segunda-feira.

Bom fim-de-semana. :)

quarta-feira, março 13, 2013

Com o Atlântico pelo meio




Jardim de Inverno - Pierre Aderne e Susana Félix , participação especial de Mário Laginha

segunda-feira, março 11, 2013

No trabalho...



Os dias de chuva têm esta vantagem. Tempo para passear enquanto trabalho.
Uma boa semana para todos. :)

terça-feira, março 05, 2013

Em casa

Cheguei à conclusão que uma  das minhas dificuldades numa relação está na partilha dos espaços.  E facilmente reconheço que esse, é um problema meu. 

Mas por que razão não me sinto eu à vontade com outra pessoa em casa?
É claro que numa vida a dois temos agir de forma diferente, não é? Existem as nossas vontades, as nossas necessidades  mas também existem as vontades e necessidades da outra pessoa. Tudo bem. Milhares de pessoas viveram e vivem bem assim. Porque não eu? Por que será que eu sinto que dessa forma eu perco mais de mim do que na realidade ganho? Por que me sinto mais "pobre"? Menos eu?



Who are you?

Ontem, depois de te ver na esplanada ao jantar, todas as minhas certezas "implodiram". A tua feminilidade, a tua beleza, a tua se...