segunda-feira, dezembro 31, 2007

Até p'ró ano!


Estou farto de desejar, para mim próprio, que o próximo ano seja, se não melhor, pelo menos igual ao anterior. Os anos têm sido sempre piores. Uns atrás dos outros. Este foi tão mau que nem me atrevo hoje, a desejar um igual, por isso vou pedir um bocadito mais.

E assim como desejo para mim, desejo a todos os meus cyber amigos um ano de 2008 cheio de coisas boas, e que as más, que aparecem sempre sejam poucas e muito pequeninas.

sexta-feira, dezembro 21, 2007

Bom Natal

Esta semana o escritório foi só meu.
Cotonete no “prego”! Desta vez o canal é o “Nacional – Pop/Rock 80’s”. Muito GNR, Rui Veloso, Mler Ife Dada, Pop Dell’ Arte, Salada de Frutas, Ban, Heróis do Mar, Sétima Legião, Xutos e até a Manuela Moura Guedes. Bons tempos. Boa música.

Para a semana não estou cá.
Quase de férias, trabalho em dia, consciência tranquila, compras feitas, preparo-me para um natal prolongado. Como dizia o outro, vou andar por aí e pouco por aqui.

Beijos e/ou abraços e bom Natal.

quinta-feira, dezembro 20, 2007

Auto-estima em cima

Estou a ficar velho, maduro e a perder o medo. Fisicamente a idade ainda não me trouxe desgostos. Até acho, que os quilitos a mais que agora tenho, me deram algum charme. Sinto-me mais solto. Sou capaz de falar com mulheres, de me expor. Já não me escondo tanto e ganho com isso. Finalmente encontrei quem me corte o cabelo como eu gosto e pouquinho de cada vez e isso dá-me confiança. Os óculos que mandei às malvas já não escondem os meus olhos que agora se fixam noutros. E como pode ser desconcertante prender um olhar noutro. Se me provocam respondo. Começo e termino uma conversa sem atrapalhações e reconheço quando causo boa impressão. Chego a ficar admirado com as palavras que me saem num discurso fluido e inteligente.

Estou-me a preparar. Já me disseram que depois dos 40 estamos no “ponto” e que aí é que elas caem que nem ginjas. :-)

Agradeço a quem diariamente trabalha em mim, mesmo que não perceba que o faz. Agradeço à pessoa responsável por esta minha nova atitude, sei que lhe devo muito. Espero nunca esquecer. Espero saber reconhecer sempre que isso, é muito mais importante, que as restantes banalidades do dia-a-dia.

terça-feira, dezembro 18, 2007

Que lindo dia de nuvens!

segunda-feira, dezembro 17, 2007

Tenho dito!


Se há coisa que me deixa passado é ver o mundo feminino sonhar com homens carinhosos, atenciosos, sensíveis, etc, etc, bons pais, bons maridos e depois quando escolhem, agarrarem-se aos brutos, feios, porcos e maus. E não venham para aqui dizer que não é nada disso, que eu sei que é. Já cá ando há 37 anos, já vi e continuo a ver muita coisa e portanto já não me enganam. Andei muito tempo enganado, andei. Maldita ingenuidade!

Prendas

Neste fim-de-semana fui a um jantar de natal de amigos. Tínhamos de levar prendas, muito baratas, para distribuir aleatoriamente. Farto de receber prendas femininas em anos anteriores, lembrei-me de criar uma masculina, mas que aparentemente, teria os dois sexos em atenção. Assim, arranjei duas caixas de sapatos, uma para homem, outra para mulher. Na do homem coloquei uma revista “Maxmen”, preservativos, uma cerveja mini e um pacote de amendoins com casca. Na da mulher pus uma revista “Mulher Moderna na Cozinha”, um avental, uma cuequinha muito sexy, made in china e um rolo da massa.

Embrulhei as duas caixas numa outra maior com um envelope com o seguinte texto:


Este é o verdadeiro Kit
“Momentos de Prazer”
By Pai Natal


Uma prenda unissexo, melhor, bissexo, isto é, mista, quer dizer, dá para os dois lados. Bem, como queiram.

Neste pacote vai encontrar duas prendas. Uma delas é a prenda dos seus sonhos, seja homem ou seja mulher. Escolha a sua.

Se for homem pode estar certo de que acertei na prenda. Sou o Pai Natal, também sou homem e sou muito macho. Conheço os seus gostos. Basta olhar para a minha estupenda barriguinha para perceber que nos deleitamos com os mesmos tipos de prazeres.

Se for mulher, lamento, mas não tenho tanta certeza de ter acertado, mas acredite, gosto muito do que lhe ofereço. Sei que vai fazer alguém muito feliz.


Depois na caixa do homem vinham as seguintes instruções:


Parabéns!

Se esta foi a primeira prenda que abriu é sinal de que é homem, e portanto para si, estas prendinhas são de utilidade óbvia. Não tenho mais nada a acrescentar.

Se por outro lado esta foi a segunda prenda que abriu, ofereça estes simples objectos ao seu parceiro. Pode ser que, com a alegria que ele vai ter, você ganhe alguma coisa em troca. Quem sabe, não é?


Na caixa da mulher o que se segue:


Parabéns!


Se esta foi a primeira prenda que abriu é sinal de que é mulher. Não se assuste. Eu não sou o sacana do velho gordo que está a pensar. À primeira vista, poderá parecer que são objectos sem qualquer utilidade, mas eu passo a explicar detalhadamente. Tenho a certeza de que vai acabar por concordar comigo. Vejamos:
· Nada melhor para uma mulher do que ter um homem pelo beicinho, pronto a fazer tudo por si, verdade?
· Então do que está à espera? Realize-lhe uma das fantasias preferidas. Este kit fornece-lhe tudo. Já percebeu ou devo continuar a explicar? Ok, eu continuo. Pegue no kit masculino, que acompanha o seu e instale o seu marido, namorado, companheiro na sala a ler (ver) a Maxmen, sirva-lhe a mini e encha-lhe um pires com os amendoins (dizem que são um estimulante). Corra para a cozinha e vista essa cuequinha sexy e o avental. Não precisa vestir mais nada. Pegue na revistinha “Mulher Moderna na Cozinha” (só o nome diz quase tudo), escolha uma receita simples, só para dar um cheirinho, afinal se tudo correr bem ninguém a vai provar. Não tardará muito ele estará na cozinha à procura de outra mini e quando deparar consigo…

Pode ter a certeza, neste Natal, o seu marido, namorado, companheiro, vai estar aos seus pés. Queria melhor?

P.S. O rolo da massa se não servir para o jantar, pode ser-lhe muito útil para a pouco provável eventualidade de ele não lhe ligar nenhuma. Aproveite o rolo e corra com ele. Não a merece.

Se por outro lado esta foi a segunda prenda que abriu, cuidado! Não caia na tentação de encaminhar estas magníficas prendas à sua cara metade. Ela pode não entender as suas caridosas intenções e um rolo da massa, se bem aplicado, pode causar sérios danos no seu escalpe. Livre-se delas o quanto antes.

quinta-feira, dezembro 13, 2007

Uma outra forma de dizer, não se cheguem a mim que eu estou com um mau feitio terrível.


Estou num daqueles dias em que me parece que o mundo inteiro gira ao contrário e que eu sou o único a andar na direcção certa. Deve ser consequência de uma desfavorável conjugação dos astros. Mas passa. Estou certo que passa.

quarta-feira, dezembro 12, 2007

Pai Natal

Hoje fui Pai Natal o dia todo. Calha-me sempre a mim comprar as prendas para a filharada dos colegas aqui da empresa. Logo a mim que não tenho filhos. Mas eu não me importo, passeio e lavo os olhinhos com tanta menina bonita que vejo. Agora só falta organizar a almoçarada.

quinta-feira, dezembro 06, 2007

Ao som de Neil Diamond (não é muito piroso, ou é?)

Get this widget Track details eSnips Social DNA


Sou uma pessoa discreta, talvez nem tanto na aparência, mas sim na atitude. Gosto de ser discreto.

Se perco muito no imediato, porque posso parecer insignificante, inofensivo ou mesmo invisível, ganho muito no fim. Acredito que a verdade vem sempre à tona e quem tem valor acaba sempre por ser premiado com reconhecimento.

Se nas coisas do amor, isso nem sempre foi verdadeiro, (o amor é totalmente irracional), nas questões profissionais, não me tenho dado mal.

Quem ri por último ri melhor e eu ,tenho rido bastante. Mas foi preciso chorar muito.

quarta-feira, dezembro 05, 2007

Machista, eu?!


E para quem acha que sou machista, vejam como fui capaz de pôr esta beleza, novinha em folha, a trabalhar. Coloquei o liquido no sitio do pó, mas lavou à mesma.

Dona Flor e Seus Dois Maridos

Este não vi, mas gostava...
O livro, sim, li. Fiquei fã do Vadinho. A irracional atracção pela loucura.
Feliz ou infelizmente, acho que estou mais próximo, do segundo marido, o amigo farmacêutico . Mas não pensem que é tal e qual. Eu toco clarinete e o senhor Teodoro Madureira toca fagote. :-)

segunda-feira, dezembro 03, 2007

Por que, num mundo de aparências, nem tudo o que parece é.

Que bom que é descobrir numa pessoa tímida e discreta muito mais do que se espera, muito mais do que se encontra, naqueles que anunciam, o que afinal não têm.

Sim, é 2ª- feira mas, desta vez, está tudo calmo

Hoje estou por aqui sozinho.
Cotonete em Bossa Nova, por toda sala.
Assim a segunda-feira custa menos.
Muito menos.

O Mundo anda a ficar um lugar muito chato! :(

Daqui E daqui