sexta-feira, agosto 31, 2007

Até sempre








Obrigado por tudo Tio. Por tudo quanto me ensinou, por tudo quanto me ajudou e por tanto quanto me fez sentir especial e importante. Vou sentir a sua falta. Acredito que quem parte novo vive novo na eternidade. Um dia encontramo-nos.




quarta-feira, agosto 29, 2007

segunda-feira, agosto 27, 2007

Hoje apanhei muito sol, só pode. Depois dá nisto!

Entre as minhas namoradas, não sei muito bem se por capricho do acaso, (desconfio que não), sempre fui alternando entre namoradas de mamas grandes com namoradas de mamas pequenas. (Será que ficava melhor se dissesse seios? Peitos? Bem para o que eu quero dizer pouco importa) e o que eu quero dizer é que, para grande infelicidade minha, a minha ex-namorada, a que foi mesmo anterior à namorada com quem me casei e que agora é minha mulher, tinha umas lindíssimas e enormes…
Pois...
Agora já há pouco a fazer.
Escolhi, está escolhido.
Mas que tenho saudades tenho.
Das mamas. Só isso.

domingo, agosto 26, 2007

Há gajos com sorte!

Cansado de ouvir, da minha mulher, frases do género:

- “Toda a merda tem uma televisão de ecrã plano menos nós que continuamos a ter este caixote preto!”, e embora para mim chegasse bem o tal caixote, já que, do que eu gosto, é de DVD’s musicais e para isso, chega o meu receptor AV e umas boas colunas surround, lá fui contrariado à loja das televisões.

Vim de lá arrepiado com os preços dos LCD’s e disse à minha mulher que lá para o Natal (não lhe disse, mas estava-me a referir ao natal de 2010) poderíamos voltar a pensar nisso. Entretanto vim de lá carregado de catálogos e num deles vinha um pequeno passatempo instantâneo para a net. Concorri, não ganhei nada no instantâneo, claro, mas como consolação ficava habilitado a outro concurso se preenchesse um pequeno formulário. Enchi-me de paciência, preenchi o formulário e esqueci.

Quando cheguei de férias tinha recebido este mail:

Exmo Sr. Waterfall,

Na eventualidade de não ter verificado aquando da publicação dos resultados do Concurso Y do Fabricante de televisões da Marca X, no dia n de Julho de 2007, no nosso site e nos jornais Diário de Notícias, Jornal de Notícias e Correio da Manhã, que foi o premiado com um televisor XPTO última geração de um metro e dez de largura (2000 euros), reiteramos os nossos Parabéns e informamos que dispõe de 90 dias a contar da data da realização do sorteio (n de Julho de 2007) para reclamar o seu prémio junto do Fabricante de Televisões da Marca X, devendo fazê-lo para o número de telefone 21 xx xxx xx.

Mais uma vez os nossos Parabéns

Melhores cumprimentos

Há gajos com sorte!

sábado, agosto 25, 2007

Pérola Negra


Estás neste momento no topo do arquipélago à espera de veres as estrelas. As estrelas que pontuam cada uma dessas maravilhosas ilhas, e que marcam as povoações. E as estrelas, as verdadeiras, as mesmas deste hemisfério norte, que eu, mesmo assim tão distante, poderia observar, não estivesse aqui, no meio da cidade iluminada.

Fico à espera da foto…

Pérola Negra

sexta-feira, agosto 24, 2007

Férias


Pois é. A grande surpresa das minhas férias começou logo dentro do avião. Na ida.


Eu sabia que ela era hospedeira de bordo, mas não sabia de que companhia. E se em outros voos tive esperança de a encontrar, desta vez, nem me lembrei de tal. É sempre assim, não é?

Adorei vê-la. Foi o ponto alto das minhas férias. Falámos um bocadito, (ela estava a trabalhar e eu não queria atrapalhar), mas deu para ver que por dentro está igualzinha. Um amor, uma simpatia contagiante. Por fora continua linda, embora eu ache que um pouco menos de “bronze” e de pinturas (não sei se a companhia exige) lhe assentasse melhor.

Por um momento levantei-me para ir à casa de banho e à saída entrei no compartimento das hospedeiras onde estavam a preparar os almoços, e ali pude dizer-lhe o quanto estava feliz por revê-la. Queria dizer-lhe para ler o meu blog, mas não tive coragem. Podia ter pedido o mail, mas não me lembrei. Devia ter tirado uma foto com ela à porta do avião, mas só me lembrei depois. O meu cérebro bloqueia sempre nestas ocasiões.

Tenho o número de telemóvel, e quando escrevi este post tive vontade de lhe mandar um sms com a morada do blog. A vontade não passou mas a coragem também não chegou. Não consigo prever as consequências de um acto assim, e quando isso acontece, deixo-me ficar. Se calhar é o melhor.

Fiquei muito feliz.

Convidou-me a mim e à minha mulher para aterrarmos dentro do Cockpit. Ao mesmo tempo eu disse não e a minha mulher disse três vezes sim. Valeu o sim, valeu o medo, valeu a simpatia dos pilotos, valeu a paisagem. Valeu.

Fiquei muito feliz.

Estava a precisar.

quinta-feira, agosto 23, 2007

Ainda não digo nada...

...mas já cá estou.

Meio adormecido vou dando umas voltas por aí, enquanto tento apanhar o trabalho em andamento.

Até já.

segunda-feira, agosto 13, 2007

Férias


Para mim, férias é isto.
Largar estes velhos sapatos "todo-o-tereno", que uso todo o ano e claro, a porcaria do telemovel que fica em casa.

Volto já

sexta-feira, agosto 10, 2007

Quem sabe não me meto numa destas

Quando tinha uns 11 anos, no sul de França, fiquei, juntamente com os meus pais e os meus irmãos, num parque de campismo, paredes meias com outro que era naturista. Esse parque, o não naturista, onde ficámos, era mesmo assim, mais liberal que o normal. As casas de banho eram mistas e as portas dos chuveiros tapavam apenas uma parte do corpo. A cabecinha ficava à vista. Acontece que as pessoas mais altas viam tudo lá para dentro. Para um adolescente de 11 anos, aquilo era quase motivo suficiente para não tomar banho. E acabou por ser, porque, numa vez em que me estava a demorar um pouco mais, uma enorme alemã, enfiou a cabeça no meu cubículo e barafustou qualquer coisa que não entendi. Fiquei tão embaraçado que terminei o banho de imediato e nunca mais lá pus os pés. Banhos só os do mar.

Os parques tinham praias contíguas. A do parque normal, uma praia normal e a do parque naturista uma praia naturista. Entre ambas, não havia nada a separar. O meu irmão, que era (e continua a ser) mais velho que eu, e portanto mais curioso nessa área, passava o tempo em grandes passeatas, entrando pela praia naturista descontraidamente. Eu, ao contrário, embora fizesse questão de o acompanhar, raramente tirava os olhos da areia. Espreitava pelo canto do olho, meio envergonhado com todo aquele descaramento. Nem nunca tinha ouvido falar em tal coisa, quanto mais ver. Pouco tempo depois acabei por me arrepender de não ter visto tudo bem visto, como fez o meu irmão.

Hoje até acho piada à ideia do naturismo e se me aproximar de uma destas praias vou convencer a minha mulher a experimentar.
Depois conto.

Entretanto, aqui fica a lista das praias.




PRAIAS NATURISTAS OFICIAIS:

Bela Vista
(Entre a Caparica e a Fonte da Telha)
Extenso areal e dunas

Meco
(Entre a Lagoa de Albufeira e Sesimbra)
Extenso areal e falésia com água

Ilha de Tavira
(Entre Olhão e Tavira)
Extenso areal

Praia das Adegas
(A Sul da praia de Odeceixe)
Areia fina

Praia do Salto
(A norte da praia grande de Porto Côvo)
Praia pequena mas abrigada

PRAIAS NATURISTAS NÃO OFICIAIS:

Fonte da Telha
(Entre a Bela Vista e o Meco)
Extenso areal, falésias, dunas, matas, muito nudismo a sul

Ursa
(Antes do Cabo da Roca, entre Sintra e Cascais)
Pequena, escarpas rochosas, grutas e areia. Muito bonita mas de acesso difícil

Prainha
(Entre Lagos e Portimão)
Escarpas rochosas, grutas e areia, nudismo no extremo leste

Bicas
(A sul do Meco, entre a Lagoa de Albufeira e Sesimbra)
Areal protegido por falésia alta, nudismo no extremo norte

Pessegueiro
(Frente à Ilha do Pessegueiro, entre Porto Covo e mil fontes)
Lages rochosas e areia, nudismo nas praias entre rochas

Salgado
(Entre a Nazaré e S. Martinho do Porto)
Nudismo ocasional

Malhão
(A Norte de Vila Nova de Milfontes)
Falésias baixas recortadas, bicas de água boa, nudismo a norte

Cabanas Velhas
(no algarve, entre Lagos e Vila do Bispo, perto de Burgau)
Praia larfa, protegida por falésia, acesso fácil e estacionamento

Furnas
(No Algarve, entre Vila do Bispo e Lagos, perto de Figueira)
Muito difícil de encontrar e chegar lá. Um pequeno paraíso!

Fonte: Naturismo em Portugal e Federação Portuguesa de Naturismo

sexta-feira, agosto 03, 2007

Não tarda volto

Não, ainda não fui de férias.
Só que este ano rebentei antes das férias. Fui-me abaixo e ainda não voltei totalmente à superficíe. Nesta altura do ano, não dá mesmo para ficar em casa a recuperar.

A minha mulher tem sido o meu Anjo da Guarda, a minha Enfermeira Chefe e eu fico com um peso na consciência por aquilo que algumas vezes aqui escrevo. Um monte de parvoíces, que pouco ou nada significam e em nada beliscam o tanto que a amo.

Talvez depois das férias abra o jogo e o blog. Passe de anónimo a real, com nome decente e verdadeiro. Mas antes tenho que lhe fazer uma pequena limpeza. Um assunto para meditar durante as férias, depois de 15 de Agosto.

Who are you?

Ontem, depois de te ver na esplanada ao jantar, todas as minhas certezas "implodiram". A tua feminilidade, a tua beleza, a tua se...